Jovem é assassinado pelo pai por ser a favor das ocupações contra a PEC 55




O engenheiro Alexandre José da Silva Neto, que matou o próprio filho na tarde desta terça-feira (15), no Setor Aeroporto, em Goiânia, teria discutido com o jovem sobre o envolvimento do universitário de 20 anos nas ocupações escolares contra a PEC 55, que limita os gastos públicos.

Segundo testemunha que não quis se identificar, a briga teria motivado o crime. O delegado, Hellyton de Carvalho, confirmou a informação e disse que o engenheiro não aceitava o envolvimento do filho com o protesto.



O homem, de 60 anos, fez quatro disparos contra Guilherme Silva Neto e se suicidou, em seguida, atirando contra a própria cabeça.

Leia mais aqui



Check Also

A relação do Dono da Globo, Yune, amigo de Temer e paraísos fiscais

Denúncia do Anonymous