Prova do ENEM vazou, Mendonça e Temer em maus lençois e agora?




Governo Temer, mergulhado em escândalos de corrupção e à frente da maior recessão da história do País, tem mais um problema pela frente; a Polícia Federal confirmou, nesta quinta-feira 1º, que as provas do primeiro Enem conduzido pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, vazaram; a PF apontou estelionato qualificado e disse que ao menos duas pessoas foram beneficiadas com o vazamento; crime compromete a ‘lisura’ do exame, afirma procurador; e agora, ministro, alunos serão prejudicados?

247 – Mergulhado em escândalos de corrupção e à frente da maior recessão da história do País, o governo de Michel Temer tem agora mais um problema pela frente. A Polícia Federal confirmou, nesta quinta-feira 1º, que as provas do primeiro Enem conduzido pelo ministro da Educação de Temer, Mendonça Filho, vazaram.

Em relatório da PF enviado ao Ministério Público Federal, a PF apontou o cometimento de crime de estelionato qualificado e disse que ao menos duas pessoas foram beneficiadas com o vazamento da prova antes de sua aplicação.



No dia 6 de novembro, segundo dia de prova do Enem, candidatos foram presos em operação da PF no Ceará e no Amapá. Eles sabiam antecipadamente o tema da redação – Intolerância religiosa -, que foi aplicada a quase seis milhões de candidatos em todo o País.

“Uma quadrilha organizada nacionalmente teve acesso antecipado às provas. Isso compromete a lisura do exame e a própria credibilidade da logística de segurança que vem sendo aplicada”, afirmou o procurador da República Oscar Costa Filho, em nota.

Ele informou que a íntegra do relatório e peças do inquérito serão anexadas ao recurso do MPF que tramita no Tribunal Regional Federal da 5ª Região, no Recife (PE).





Leia também

Novo Ministro da Justiça, fará Temer ter maior controle da PF

Colocando Torquato Jardim à frente do Ministério da Justiça, Michel Temer tem como objetivo aumentar …