Prova do ENEM vazou, Mendonça e Temer em maus lençois e agora?




Governo Temer, mergulhado em escândalos de corrupção e à frente da maior recessão da história do País, tem mais um problema pela frente; a Polícia Federal confirmou, nesta quinta-feira 1º, que as provas do primeiro Enem conduzido pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, vazaram; a PF apontou estelionato qualificado e disse que ao menos duas pessoas foram beneficiadas com o vazamento; crime compromete a ‘lisura’ do exame, afirma procurador; e agora, ministro, alunos serão prejudicados?

247 – Mergulhado em escândalos de corrupção e à frente da maior recessão da história do País, o governo de Michel Temer tem agora mais um problema pela frente. A Polícia Federal confirmou, nesta quinta-feira 1º, que as provas do primeiro Enem conduzido pelo ministro da Educação de Temer, Mendonça Filho, vazaram.

Em relatório da PF enviado ao Ministério Público Federal, a PF apontou o cometimento de crime de estelionato qualificado e disse que ao menos duas pessoas foram beneficiadas com o vazamento da prova antes de sua aplicação.



No dia 6 de novembro, segundo dia de prova do Enem, candidatos foram presos em operação da PF no Ceará e no Amapá. Eles sabiam antecipadamente o tema da redação – Intolerância religiosa -, que foi aplicada a quase seis milhões de candidatos em todo o País.

“Uma quadrilha organizada nacionalmente teve acesso antecipado às provas. Isso compromete a lisura do exame e a própria credibilidade da logística de segurança que vem sendo aplicada”, afirmou o procurador da República Oscar Costa Filho, em nota.

Ele informou que a íntegra do relatório e peças do inquérito serão anexadas ao recurso do MPF que tramita no Tribunal Regional Federal da 5ª Região, no Recife (PE).





Check Also

A relação do Dono da Globo, Yune, amigo de Temer e paraísos fiscais

Denúncia do Anonymous