UOL mostra que era mais fácil conseguir aposentadoria com Princesa Isabel que com Temer/PSDB




Tijolaço
Quando se anunciou a intenção do Governo Temer de estender para até 12 horas a jornada de trabalho, este blog achou que estivesse usando uma força de expressão ao pedir que se chamasse a Princesa Isabel.

Hoje, uma reportagem de Marcus Lopes, no UOL mostra que não é só para isso, não, que a filha de D. Pedro II precisaria nos socorrer, ao dar conta que o primeiro embrião de sistema previdenciário, em sua regência em  março de 1888, para funcionários dos Correios, estabelecia idade mínima de 60 anos e 30 de contribuição.



Cinco anos a menos de idade e 19 anos a menos de contribuição. O que, talvez, se explique por serem aqueles tempos de alta tecnologia, com computadores, máquinas, robôs e outros avanços da modernidade de quase 130 anos atrás, não é?

Mas, acredite, a matéria não é tão chocante quanto a enxurrada de comentários favoráveis a que se trabalhe até a morte.

Não são todos, claro, mas encontram-se pérolas como esta: “”O presidente Temer foi o único desde o império que fez e faz algum esforço para salvar o sistema previdenciário brasileiro. Tudo bem que foi os próprios políticos que lascaram tudo, mas não foi ele próprio que sucateou a previdência, pelo contrário, ele está tentando salvar alguma coisa.

Daí me ocorreu que já que estamos lançando brados ao além chamando a Dona  Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de  Orléans e Bragança poderíamos chamar também o sanitarista Oswaldo Cruz, com suas vacinas.

Porque se avolumam os sinais de que este país está acometido de uma epidemia pior do que a de chicungunha, de dengue e de zika: a da burrice suicida.

Ou melhor, burrice assassina, porque se fosse apenas suicida, nenhum problema: afinal, ninguém é impedido, se aguentar e tiver quem o empregue, de trabalhar até o último suspiro. Mas não pode obrigar os outros a isso.

É inacreditável que o desenvolvimento das tecnologias de produção, que os ganhos de produtividades que o trabalho acumulou durante tanto tempo, aumentado em escala muitíssimo maior que a expectativa de vida não faça esta gente pensar que seja preciso trabalhar muito mais para sustentar um sistema previdenciário.



Check Also

Entidade patronais que apoiaram Impeachment querem 80 horas semanais de trabalho e 15 minutos de almoço pro trabalhador

O pato não foi a toa