PSDB diz que vai dar total apoio a Temer se ele acelerar as Reformas que tiram direitos do povo

  • Folha de São Paulo

    PSDB condiciona apoio a Temer ao avanço de reformas no Congresso

    IGOR GIELOW
    DE SÃO PAULO

    O PSDB, maior aliado do governo Michel Temer, decidiu condicionar o apoio ao peemedebista ao avanço da agenda de reformas no Congresso.




    Até porque perdeu seu presidente, senador Aécio Neves (MG), na esteira da delação da JBS, o partido preferiu embicar o discurso extraoficial para a economia, pedra de toque de seu apoio desde o começo do governo Temer.

    O primeiro teste será a discussão da reforma trabalhista no Senado. Inicialmente marcada para terça-feira (23), a sessão na Comissão de Assuntos Econômicos havia sido adiada pelo relator da reforma, Ricardo Ferraço (PSDB-ES). Líderes tucanos, reunidos nesta sexta (19) no apartamento do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em São Paulo, decidiram que o assunto tem de voltar à pauta.



,

Leia também

Um congresso com deputados vendidos a empresários corruptos tem moral para votar Reforma Trabalhista e Previdenciária?

A senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, disse nesta terça-feira (27), durante audiência pública …