New York Times: Lula continua sendo o político mais popular do Brasil

O The New York Times, maior jornal do mundo, vem cobrindo a caravana do ex-presidente Lula, ignorada pelos jornais brasileiros, e publica reportagem nesta terça-feira em que destaca sua força; “milhões de brasileiros deixaram a linha de pobreza durante seus dois governos e ele ainda é o político mais popular do Brasil, a despeito da condenação que poderá impedi-lo de concorrer em 2018”, aponta o texto do correspondente Anthony Boadle; Lula já passou pela Bahia e por Sergipe e chega nesta terça-feira a Alagoas




247 – O The New York Times, maior jornal do mundo, vem cobrindo a caravana do ex-presidente Lula, ignorada pelos jornais brasileiros, e publica reportagem nesta terça-feira em que destaca sua força.

“Milhões de brasileiros deixaram a linha de pobreza durante seus dois governos e ele ainda é o político mais popular do Brasil, a despeito da condenação que poderá impedi-lo de concorrer em 2018”, aponta o texto do correspondente Anthony Boadle.




Lula já passou pela Bahia e por Sergipe e chega nesta terça-feira a Alagoas.

Leia, abaixo, texto de Fernando Brito, editor do Tijolaço, sobre a condução coercitiva de Lula pelo povo:

Por Fernando Brito, editor do Tijolaço

Não é meu, mas o lugar se chama Campo do Brito e fica entre Lagarto e Itabaiana, em Sergipe.

Lá, uma multidão fez parar o ônibus que conduzia Lula para o comício noturno na segunda cidade e o obrigou a descer, para abraçá-lo.

Uma condução coercitiva do tipo que Lula merece.

E que explica e prova o que se escreveu aqui, com palavras roubadas do professor Wanderley Guilherme dos Santos:  “a direita e a esquerda de nariz torcido evitam reconhecer que a indestrutibilidade de Lula não é propaganda partidária, mas fenômeno sociológico”.

Acompanhei cenas assim, no interior do Rio de Janeiro e no do Rio Grande do Sul, com Leonel Brizola. Seus braços ficavam roxos de tantos puxões e agarrões recebidos do povo.

É o “corpo de delito” da sua significação pública.

,