Brasília (DF), 23/05/18. Marcha dos prefeitos 2018 - Jair Bolsonaro. Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

Bolsonaro mostra o Golden Shower, mas esconde dados da reforma da previdência

Blogo do Sakamoto, UOL

Apostando que o cidadão brasileiro está mais preocupado com vídeo de golden shower tuitado pelo presidente da República no Carnaval do que com o futuro de sua aposentadoria, o governo federal se negou a fornecer os estudos e pareceres técnicos que embasaram sua proposta de Reforma da Previdência. O pedido rejeitado foi feito pela Folha de S.Paulo através da Lei de Acesso à Informação.

Em outras palavras, os números que sustentam sua tese de que, para não naufragarmos como país, é necessário cortar na carne de idosos em situação de miséria, trabalhadores rurais pobres, viúvas e órfãos pensionistas, trabalhadores da classe média baixa (que terão mais dificuldade de se aposentar com o tempo mínimo de contribuição subindo de 15 para 20 anos), aposentados que recebem FGTS, trabalhadores com salário entre um e dois mínimos com direito ao abono, entre outros, não estão disponíveis.

A explicação dada à Folha foi de que “os expedientes foram classificados com nível de acesso restrito por se tratarem de documentos preparatórios”. Lembrando que a proposta tramita na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados.

Continue lendo no Blog do Sakamoto