Bolsonaro se diz um “milagre” e que está em missão de Deus

Em mais um surto messiânico, Bolsonaro volta evocar Deus como patrocinador final de sua ascensão à presidência da república; desta vez, no entanto, ele agrega seus ministros como enviados de Deus; ele diz: “eu tenho uma missão de Deus, vejo assim. Foi um milagre estar vivo e outro milagre é ter vencido as eleições. Deus também me ajudou muito na eleição dos meus ministros”



247 – Em mais um surto messiânico, Bolsonaro volta evocar Deus como patrocinador final de sua ascensão à presidência da república. Desta vez, no entanto, ele agrega seus ministros como enviados de Deus. Ele diz: “eu tenho uma missão de Deus, vejo assim. Foi um milagre estar vivo e outro milagre é ter vencido as eleições. Deus também me ajudou muito na eleição dos meus ministros.”

A reportagem da revista Exame destaca que “para o presidente da República Jair Bolsonaro, sobreviver ao atentato à faca durantes as eleições de 2018 e ter sido eleito no segundo turno fazem parte de uma missão que Deus lhe deu.”




O veículo acrescenta: “não é a primeira vez que Bolsonaro cita milagres ou diz que tem um dever incumbido pelo sobrenatural. Em maio, compartilhou um vídeo de um pastor evangélico que dizia que ele era ‘escolhido por Deus’. Dessa vez, a declaração do presidente apareceu durante entrevista ao jornal argentino ‘La Nación’.”