Em retaliação a Bolsonaro, países árabes derrotam Brasil em orgão da ONU

A coluna do Lauro Jardim no jornal O Globo informa que a derrota do Brasil na eleição para um dos assentos da International Civil Service Commission, espécie de recursos humanos da ONU, ocorreu devido à mudança de voto dos países árabes.



A alteração nos votos, segundo a publicação, aconteceu em retaliação à intenção de Bolsonaro de mover a embaixada israelense para Jerusalém.

Receba nossas atualizações direto no Whatsapp

Receba nossas atualizações direto no Telegram