em Denúncias

Em vídeo, Bolsonaro disse que troca na PF era para proteger sua família

O vídeo que estão chamando de devastador e já foi exibido em Brasília, mostra que Bolsonaro falou que a mudança na PF do Rio de Janeiro, seria segundo Jair Bolsonaro para “proteger sua família”, nas palavras do próprio presidente. A jornalista Andrea Saadi, da Globo News diz que o conteúdo do vídeo é “devastador”.




Quem teve acesso ao vídeo da reunião ministerial de 22 de abril, que Jair Bolsonaro, falou que queria a mudança do comando da PF, principalmente no Rio de Janeiro para proteger a sua família, diz que o vídeo será devastador para o presidente. Nessa reunião estava presente o ex-Ministro da Justiça, Sérgio Moro. Segundo Bolsonaro sua família “estaria sendo perseguida”.

Clique aqui e receba nossas notícias no seu Whatsapp

Segundo o jornal Folha de São Paulo, Bolsonaro teria dito que não queria ser surpreendido com informações da Polícia Federal e que trocaria o comando da PF e do Ministério da Justiça, se fosse necessário.




Segundo o jornalista Daniel Adjunto da CNN Brasil, duas testemunhas que assistiram o “vídeo devastador” da reunião ministerial de Bolsonaro, ficaria evidente o interesse de Bolsonaro em proteger sua família de possíveis investigações da Polícia Federal.

Andrea Saadi, repórter da Globo News afirma que o vídeo é “devastador” . “A grande discussão agora é se ele vai ser divulgado. Mesmo que seja divulgado só o trecho que o Aras pediu, já é complicado”, diz a jornalista.

LEIA TAMBÉM:

Segundo a avaliação dos investigadores, o vídeo é devastador para Bolsonaro pois comprova o interesse de Bolsonaro em interferir na Polícia Federal para proteger sua família e aliados de investigações, como já havia dito anteriormente o ex-Ministro Sérgio Moro.




Parlamentares de oposição, dizem que o vídeo comprovaria os interesses excusos de Bolsonaro em poder se blindar de investigação de corrupção e outras. O deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ) afirmou que iria entrar com uma ação no STF e requerimento na Câmara dos deputados, para que se tenha acesso ao vídeo na íntegra.

Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | VK | Instagram

Comments are closed.