Mamata: Caso vire Embaixador, Eduardo Bolsonaro poderá receber R$ 70 mil

Caso seja confirmada a nomeação do filho do presidente Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro, para ser o embaixador brasileiro em Washington, o deputado federal vai ver seu salário dobrar; de acordo com o Itamaraty, salário bruto para o cargo é de US$ 18.216,25, o que equivale a R$ 68.546,57, e já conta com um auxílio-família de US$ 958,75 mensais, ou seja, R$ 3.607,71



Sputnik – Caso seja confirmada a nomeação do filho do presidente Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para ser o embaixador brasileiro em Washington, o atualmente deputado federal vai ver seu salário dobrar.

LEIA TAMBÉM:

De acordo com o Itamaraty, a remuneração bruta para o cargo é de US$ 18.216,25, o que equivale a R$ 68.546,57. As informações foram publicadas pelo site da Revista Época.




O valor considera que Eduardo Bolsonaro vai levar sua esposa, Heloísa Wolf Bolsonaro, com quem se casou em maio. O embaixador em Washington, casado, tem direito a um auxílio familiar de US$ 958,75 mensais, ou seja, R$ 3.607,71.

Somados, o valor que receberá será mais que o dobro dos R$ 33.763 que recebe atualmente enquanto deputado federal.

Com informações de Guilherme Amado, da Revista Época