Ministro da Educação escreve ‘paralisação’ com Z em ofício a Guedes

Em ofício endereçado ao Ministro da Economia, Paulo Guedes, o Ministro da Educação, Abraham Weintraub, escreveu duas vezes a palavra ‘paralisção’ com “Z’, no ofício Weitraub alerta que os recursos previstos para seu Ministério em 2020 são insuficientes e podem provocar a interrupção de atividades em univeridades públicas.

Clique aqui e receba nossas notícias no seu Whatsapp

“Com a redução de bolsistas de mestrado e doutorado, há paralização (sic) de pesquisas e risco de evasão de pesquisadores para atuação no exterior, comprometendo o desenvolvimento da ciência e tecnologia no país”, alerta o
ministro na página 4 do ofício.



Além do Ministro da Educação, outros ministros relatam que o orçamento para as pastas em 2020 será insuficiente como mostra o jornal Estado de São Paulo. Weintraub havia dito anteriormente que o corte de R$ 929 milhões da educação foi para pagar emendas a deputados, para aprovação da reforma da previdência.

Risco de paralisação nas bolsas do CNPQ

Há riscos de paralisação  também, de bolsas no CNPQ (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), anunciado pelo Ministro Marcos Pontes, da Ciência e Tecnologia, em que ele afirma que só há tem dinheiro para pagar as bolsas do CNPQ até esse sábado, 31 de agosto.




“A gente tem o recurso agora até o final desse mês, que a gente vai fazer pagamento, em 1º de setembro. E a gente vai ter que achar para outro mês”, afirmou Marcos Pontes em entrevista ao programa Em Foco, da Globo News.

São 84 mil bolsas que não poderão ser pagas por falta de orçamento, informa o Ministro.

Com informações do UOL