Ministros do STF votam a favor de reajuste de 16,3% nos seus salários

Portal Metrópoles

Decisão foi proferida por votos 7 votos a 4. Aumento de 16,3% ainda precisa ser aprovado pelo Congresso Nacional

Os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram, em sessão administrativa nesta quarta-feira (8/8), acrescentar reajuste de 16,3% aos próprios salários na proposta orçamentária da Corte para o ano de 2019. O placar final foi de 7 votos a 4. Caso a proposta seja aprovada pelo Congresso Nacional, a decisao terá impacto no teto salarial do funcionalismo público.




Os favoráveis ao reajuste foram os ministros Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio Mello, Roberto Barroso, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Luiz Fux e Alexandre de Moraes. Os contrários foram os ministros Cármen Lúcia, Celso de Mello e Edson Fachin.

Receba nossas atualizações direto no Whatsapp