em Uncategorized

Novo Ministro de Bolsonaro é réu por desvio de dinheiro

Empossado como novo Ministro do Desenvolvimento do governo Bolsonaro, Rogério Marinho é acusado pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte de desvio de dinheiro público e de nomeação de funcionários fantasmas. Mais um para o governo que dizia que iria “combater a corrupção” de maneira dura e sistemática.




Rogério Marinho, novo Ministro do Desenvolvimento do governo Bolsonaro virou  réu em uma ação penal por suposto desvio de R$ 149,7 mil com a nomeação de funcionários fantasmas entre 2005 e 2006, quando era vereador e presidente da Câmara Municipal de Natal (RN).

LEIA TAMBÉM:

As informações são da Revista Crusuoé, ligada ao site Antagonista (porta voz da Lava Jato). De acordo com a reportagem, o novo Ministro de Bolsonaro é acusado de pagar com dinheiro da Câmara funcionários que, na verdade, davam expediente numa clínica que prestava atendimento médico a seus eleitores.




Rogério Marinho também defendia junto a empresários, a MP do Emprego Verde e Amarelo do governo Bolsonaro e falava que domingo também deveria ser dia de trabalho para o trabalhador. Quando ainda secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, ele fez a defesa de trabalhos aos domingo, resta saber se só ao trabalhador assalariado ou a eles também…

Clique aqui e receba nossas notícias no seu Whatsapp

Entre no nosso canal de Telegram e receba nossos conteúdos por lá

Comments are closed.