PGR concorda em prorrogar inquérito contra Temer

A Procuradoria Geral da República (PGR) se manifestou favorável à prorrogação por 60 dias do inquérito dos portos, que envolve Michel Temer, aliados dele e empresas do setor portuário; a Polícia Federal apura se o emedebista beneficiou empresas com o Decreto dos Portos em troca de propina




247 – A Procuradoria Geral da República (PGR) se manifestou favorável à prorrogação por 60 dias do inquérito dos portos, que envolve Michel Temer, aliados dele e empresas do setor portuário. A informação foi publicada no Blog do Mateus Leitão.

A Polícia Federal apura se o emedebista beneficiou empresas com o Decreto dos Portos em troca de propina.

Leia também:

Em documento enviado ao ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), a PGR, presidida por Raquel Dodge, concorda com o pedido da corporação para prorrogar o prazo da conclusão das investigações.



Também são investigados Rodrigo Rocha Loures, ex-deputado federal, Ricardo Mesquita e Antônio Celso Grecco.

O parecer apresentado pela PGR, concordando com a prorrogação do inquérito dos portos, está nas mãos da presidente do STF, Cármen Lúcia, que está de plantão durante o recesso do Judiciário.

Receba nossas atualizações direto no Whatsapp