Gasolina aumenta de novo

Preço da gasolina sobe de novo e bate recorde, mostra ANP

O preço médio do litro da gasolina subiu 1,44% na última semana e atingiu 3,938 reais, segundo pesquisa da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). É o maior valor para o combustível registrado neste ano. O levantamento levou em conta os valores cobrados aos consumidores em 3.097 postos pelo país.




Em relação às distribuidoras, a Petrobras reajustou o preço da gasolina em 6,70% na última semana, segundo dados divulgados pela empresa. Houve cinco alterações no período, como parte da política adotada pela estatal desde julho, que permite reajustes diários – a alta acumulada é de 26,9%.O preço do combustível nas refinarias é um dos componentes do preço cobrado nos postos, e os estabelecimentos têm liberdade para definir os valores.

O etanol também teve alta na última semana, de 2%, chegando a 2,745 reais por litro. A pesquisa da ANP considerou os preços em 2.724 postos, no caso desse combustível. O maior valor cobrado pelo etanol em 2017 foi de 2,931 reais por litro, em janeiro.




Leia também:Médicos serão duramente afetados pela reforma trabalhista, mostra jornal francês

Apesar da alta nos preços de combustíveis – grupo que tem pressionado a altados preços recentemente – o setor que teve maior aumento em outubro foi o de energia. A conta de luz, que ficou em média 3,28% mais cara, foi uma das principais responsáveis pelo aumento do IPCA em 0,42% no mês. Em 1º de outubro entrou em vigor a bandeira tarifária vermelha, com cobrança adicional de 3,50 reais a cada 100 kilowatts consumidos.

Fonte: VEJA

,