Proposta de Bolsonaro proíbe subir o salário mínimo acima da inflação por 2 anos em crises

Uma das propostas enviadas pelo governo,  que estabelece “medidas de emergência” a serem adotadas pela União , estado e municípios, é proibir o aumento do salário mínimo acima da inflação por 2 anos em “caso de crise”.A  proposta será analisada pelo Senado, se for aprovada irá para a Câmara dos deputados.

Em abril o governo já havia decidido por acabar com o aumento real do salário mínimo,  com correções apenas pelo INPC (Índice Nacional de preços ao consumidor), o reajuste pela inflação. Uma mudança brusca em relação ao governo do PT, que dava reajustes no salário mínimo acima da inflação.



O governo inclusive diminuiu o reajuste do salário mínimo para 2020 de R$ 1.040,00 para R$ 1.039,00, redução de R$ 1,00 devido a mudança na previsão da inflação, usada pelo governo para calcular o reajuste do salário mínimo.

Com informações do UOL