Retrocesso sem expectativa para 2018 – Retrospectiva 2017

Coluna especial Deise Zuqui
Estava aqui pensando, será que esse ano o povo irá ver a retrospectiva de 2017 sem se envergonhar?

Retrocesso sem expectativa para 2018 e adiante é o que tivemos esse ano no país.

Nesse ano, tivemos o racismo escancarado na boca de jornalista “renomados” em rede nacional, presidente falando que a reforma da previdência precisa ser aprovada, pois o povo está vivendo mais e logo chegaremos a viver 140 anos. Pasmem! Ele disse isso mesmo.



Se lembrarmos, veremos em nossa memória malas com milhões de dinheiro em um apartamento, ou já esqueceram? O criminoso é aliado do presidente Temer.

Lembram do STF?

Esse perdeu a moral. Considerado por muitos até poucos anos, o principal meio de vermos a justiça sendo aplicada em cima dos políticos com fôro privilegiado, votou contra ele mesmo ter o poder para isso no caso Aécio Neves.

E por falar em Aécio Neves, lembrei de Gilmar Mendes.

Aquele que foi interceptado pela PF em várias conversas com seu amigo tucano, o qual, o impediu de ser interrogado entre outras situações jurídicas.

Mendes também defende Sérgio Cabral com unhas e dentes, bastante fiel não?

Porém, para Mendes tirar o Moreira Franco do ministério para perder o fôro privilegiado, ele não move uma caneta.

Aliás, Gilmar Mendes é o presidente do TSE, ano que vem tem eleições, o que podemos esperar acontecer?

Vamos falar do congresso.

O congresso aprovou a reforma trabalhista, nossa, como abriram vagas de empregos após essa aprovação concordam?

Pensei que a “crise” que vivemos em 2015, 2016 e 2017 fosse algo grave, e não que dependesse de tirar os direitos dos trabalhadores.

Começamos 2017 com os gastos para a Saúde e Educação congelados por 20 anos.

Mas vocês viram quanto o Temer usou para livrar seu nome de um possível afastamento pelo congresso? Bilhões de reais.

Mas é a reforma trabalhista que precisava ser aprovada para o Brasil voltar a crescer, assim como a reforma da previdência que vem aí.




Claro que eles não levam em conta os bilhões que empresários devem para a previdência, esses serão perdoados.

Porém, o salário mínimo teve seu valor cortado em cinco reais.

Claro que foi para aliviar os gastos com emendas liberadas pelo Temer a seus  aliados, para livrá-lo de ser afastado.

Faz parte, mas o que será que veremos na retrospectiva esse ano na TV? Futebol? Aposentadoria de piloto? Desgraças no mundo?

Acho que esses serão os principais fatos.

Mas o retrocesso sem expectativa para o povo, será colocado de forma tão colorida, que iremos aplaudir 2017 como sendo o ano do crescimento.

Conheça minha página clicando aqui.

Clique aqui para ver notícias que considero importantes. 

Compartilhe e me siga nas rede sociais
,