Sem reajustes para servidores públicos e sem concursos em 2020

Infomoney

SÃO PAULO – o projeto para a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020, que está sendo encaminhada ao Congresso Nacional, não prevê concursos públicos ao longo do próximo ano, informou o Ministério da Economia.

De acordo com Esteves Colnago, secretário-adjunto da Fazenda, a premissa é a “não-realização” das provas.

LEIA TAMBÉM:

O documento também não menciona reajustes de salários para servidores públicos no próximo ano, com exceção de gastos com a reestruturação de carreiras dos militares. “A LDO diz que pode ser feita reestruturação para para militares”, disse o secretário de Orçamento Federal do Ministério da Economia, George Soares.

Cursinho de Brasília que apoiou Bolsonaro, sofre com o fim dos concursos

A proposta prevê que os gastos com servidores públicos passem de R$ 326 bilhões em 2019 para R$ 363,3 bilhões em 2022, mas com redução na proporção do PIB de 4,46% para 4%.