Senador do PSL condena oferta de 40 milhões por deputado para reforma da previdência

Do UOL:

O líder do PSL no Senado Federal, Major Olímpio (SP), classificou como “indecorosa” e “criminosa” a suposta oferta de R$ 40 milhões em emendas parlamentares até 2022 para cada deputado que votar a favor da reforma da Previdência no plenário da Câmara. A proposta teria sido feita pelo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), segundo reportagem da Folha.



“Deputados teriam ouvido de Onyx a proposta de R$ 40 milhões de emendas em quatro anos. Eu fiquei estarrecido e fiz um pronunciamento no Senado. Em primeiro lugar, ninguém, em nenhuma circunstância, vai ouvir esse tipo de proposta indecorosa e criminosa do presidente Jair Bolsonaro”, disse.

Major Olimpio (PSL/SP)
                                                                        Major Olimpio (PSL/SP)

“Exatamente sobre o conteúdo dessa natureza se ela aconteceu de fato. O Bolsonaro acabou se tornando o presidente com duas grandes bandeiras. Da segurança pública e do combate à corrupção. Ele tem manifestado, de forma intransigente, o desejo de acabar com o toma lá dá cá”, afirmou o senador.

(…)