STF quer confirmar a autenticidade das mensagens da Vaza Jato

Via Conversa Afiada

Reportagem de Thais Arbex e Reynaldo Turollo na Folha de hoje (4/X) mostra que o Supremo Tribunal Federal (STF) irá acionar a Procuradoria-Geral da República (PGR) para “validar juridicamente” as mensagens da Vaza Jato do Intercept Brasil.



(A propósito, assista na TV Afiada a entrevista exclusiva com Glenn Greenwald, fundador do Intercept: Lava Jato se perdeu quando Moro virou super-herói.)

Trata-se de um procedimento para atestar as veracidade das mensagens obtidas pelo Intercept, através do aplicativo Telegram, que revelam os bastidores da Operação Lava Jato.




Caso a apuração confirme a autenticidade dos vazamentos, as mensagens poderão ser utilizadas como provas em ações judiciais contra a força-tarefa de Curitiba – podem servir, inclusive, para anular decisões do ex-juiz Sérgio Moro e do procurador Deltan Dallagnol, o Dallanhinho.

Kennedy Alencar, em seu blog, já havia adiantado essa possibilidade na última quarta-feira 2/X.