TSE manda tirar do ar fake news de filho de Bolsonaro contra Haddad

Mais uma grande vitória no Tribunal Superior Eleitoral (TSE)! TSE derruba fake news contra a coligação “O povo Feliz de novo” em twitter de Carlos Bolsonaro e na página oficial do PSL do Rio de Janeiro no Facebook.

A defesa da Coligação “O Povo Feliz de Novo” conseguiu mais uma grande vitória contra boatos, mentiras e notícias falsas junto à Justiça Eleitoral. O TSE determinou, na noite desta quinta-feira (11/10), a retirada de mais uma notícia falsa que Carlos Bolsonaro e o PSL do Rio de Janeiro veiculavam pela internet contra a campanha de Haddad e Manuela.




Desta vez, a família Bolsonaro postou mensagem falsa, em que utilizou, de forma tendenciosa e descontextualizada, um antigo vídeo do candidato Fernando Haddad de modo a transmitir ao eleitor informação equivocada.

Na mensagem aparece uma declaração de Haddad dizendo que Lula subiria a rampa do Palácio do Planalto em janeiro de 2019, como se ela tivesse sido gravada após o primeiro turno das eleições presidenciais. Isso é falso.O vídeo original foi gravado por Haddad no dia 6 de agosto, quando Lula, na época, ainda era o candidato a presidente da coligação “O Povo Feliz de Novo”. Na gravação, Haddad, enquanto candidato a vice-presidente, diz que “vai fazer do Lula presidente e subir a rampa com ele dia 1º de janeiro”. Quem compartilha a mensagem dá a entender que a declaração de Haddad foi feita na última segunda-feira (8/10), um dia após o 1° turno da eleição.



O TSE ordenou que o vereador Carlos Bolsonaro retire do ar imediatamente de seu twitter a postagem. A mesma determinação foi dada ao Facebook oficial do PSL do Rio de Janeiro. A liminar determina ainda que o Facebook e o Twitter

Somando o alcance desses posts, chegamos ao número alarmante de 70.000 compartilhamentos* e 1.500.000 visualizações!

Confira aqui a íntegra da decisão liminar.

Continue denunciando Fake News! (11) 974 028 726

Outras fontes: Valor Econômico

Receba nossas atualizações direto no Whatsapp