em Pesquisas

Bolsonaro desaba no Rio: 41% de reprovação

41% de reprovação, outro dado que pode preocupar  a base aliada de Bolsonaro, no Rio de Janeiro, seu “berço político” é que 60% não votariam de jeito nenhum em candidatos apoiados por Bolsonaro.

Bolsonaro venceu as eleições presidenciais na capital fluminense por 66,35% contra 33,65% de Haddad, mas mesmo com essa votação folgada, hoje o cenário está se mostrando diferente. Segundo dados da pesquisa Datafolha, Bolsonaro hoje é reprovado por 41%, que vêem a gestão dele como ruim e péssima.




O percentual é ainda pior, quando se trata de candidatos apoiados por Bolsonaro a corrida municipal: 60% não votariam de jeito nenhum em candidatos indicados por Bolsonaro.

A aprovação de Bolsonaro na capital do Rio, é de cerca de 29% entre ótimo e bom., percentual similar o avalia como regular e 41% de reprovação.  O índice é superior a média nacional de 36%




Nota baixa

“Na cidade do Rio, 29% consideram ótima/boa a gestão Bolsonaro, mesmo percentual daqueles que a avaliam como regular. Para 41%, o presidente tem uma administração ruim/péssima. O governo federal obteve nota 4,4, em média, dos entrevistados”, aponta ainda a reportagem do Datafolha.

Segundo a mesma pesquisa, o atual prefeito do RJ, Marcelo Crivella, tem reprovação recorde de 72%. Bolsonaro, que poderia ser um “aliado natural” de Crivella, devido ao apoio da Igreja Universal ao presidente, anunciou que gosta de Crivella, mas não iria anunciar apoio a ninguém na prefeitura do Rio de Janeiro.

LEIA TAMBÉM:

Marcelo Crivella (Republicanos),  está atrás de Marcelo Freixo do PSOL com 18%  e Eduardo Paes do DEM com 22%.

O Rio de Janeiro é o berço político do clã Bolsonaro, onde o mesmo se projetou como deputado e fez parte dos filhos entrar na política. Os recentes escândalos do caso Queiroz com Flávio Bolsonaro, informações que o Planalto recebeu que “Witzel está trabalhando para incriminar Bolsonaro no caso Marielle”, complicam ainda mais a situação de Bolsonaro na capital fluminense.

O Datafolha entrevistou 872 pessoas para o levantamento, encomendado pela Folha e pelo jornal O Globo e realizado de quarta (11) a sexta (13) na cidade do Rio de Janeiro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Clique aqui e receba nossas notícias no seu Whatsapp

Entre no nosso canal de Telegram e receba nossos conteúdos por lá

Comments are closed.