em Denúncias, Economia

Bolsonaro edita MP que suspende salários por 4 meses devido a coronavírus

Mais uma medida catastrófica, genocida do governo de extrema-direita terraplanista conspiracionista de Jair Bolsonaro. Trata-se de uma MP que irá suspender por 4 meses o salário dos empregados, para que “não sejam demitidos” por causa do coronavírus, uma medida trágica na contramão de muitos países, que estão usando o estado para proteger os seus cidadãos. Bolsonaro fala em “ajuda” durante esse período aos trabalhadores, no entanto nem como fará e nem de onde virão os recursos para tal. Texto prevê acordos individuais entre patrão e empregado acima dos direitos e garantias trabalhistas.




Bolsonaro defende MP (medida provisória) que suspende imediatamente o pagamento de salários a trabalhadores, por cerca de 4 meses, devido ao coronavírus.

Em um tweet feito nessa manhã (23), ele diz que o governo “entra com ajuda” durante o período. Porém não mostrou como fará essa ajuda, nem explicou na MP.




A MP que entra em vigor imediatamente, não fala em AJUDA AO TRABALHADOR, como mostra o UOL.

Como é uma medida provisória, ela passa a valer imediatamente, no entanto depende do Congresso Nacional para ser aprovada em no máximo 120 dias.

Em dois trechos da MP praticamente liquida-se com o contrato de trabalho no país, ao transformar salário em “ajuda de custo”.

“§ 2º O empregador poderá conceder ao empregado ajuda compensatória mensal, sem natureza salarial, durante o período de suspensão contratual nos termos do disposto no caput , com valor definido livremente entre empregado e empregador, via negociação individual”.



“§ 3º Durante o período de suspensão contratual para participação em curso ou programa de qualificação profissional, o empregado fará jus aos benefícios voluntariamente concedidos pelo empregador, que não integrarão o contrato de trabalho”.

Uma medida a mais que pode comprometer gravemente a renda das famílias e até impedir com que as pessoas permaneçam em suas casas, porque para ficar em casa, as pessoas precisam ter renda, para comida e outros.

Com informações do UOL e G1

LEIA TAMBÉM:

Os comentários estão desativados.

<--retirado daqui os relacionados Mobile -->