Bolsonaro isolado no mundo, Lula premiado como cidadão honorário de Paris

Enquanto Bolsonaro, segue se isolando cada vez mais internamente e também no exterior, como nos desentendimentos com o presidente francês, Macron e o  prefeito de Nova York, que comemorou o cancelamento de evento que homenagearia Bolsonaro em Nova York. Lula segue se destacando no cenário internacional, se tornando recentemente o presidente de honra da juventude do Partido Trabalhista do Reino Unido e agora a prefeitura de Paris, concede a Lula, título  de cidadão honorário da cidade.



No título recebido por Lula, o Council de Paris (equivalente á Câmara de vereadores deles), falam que Lula foi preso pois liderava as pesquisas de intenção de voto e cita ainda “inconsistências das evidências trazidas pela promotoria para a prisão de Lula” que diversos juristas internacionais, chefes de estado europeus também havia abordado. Também as revelações do The Intercept sobre a Vaza Jato e de como Moro e Procuradores, teriam se organizado para tirar Lula da vida política.

LEIA TAMBÉM:

Bolsonaro, ao contrário, segue cada vez mais se isolando no cenário internacional, como bem observou o jornalista internacional Jamil Chade, após o discurso na ONU, radicalizado e levando ao mundo o seu projeto de extrema-direita para o mundo conhecer, se agarrando cada vez mais ao apoio de Trump, que também vem sofrendo pressão, com deputados americanos apresentando resolução para dificultar o apoio de Trump ao “mini-Trump tropical”.




Enquanto Bolsonaro, vai se isolando na arena internacional, Lula parece que vai voltando ao jogo e com disposição.