Embaixada da China diz que Eduardo Bolsonaro contraiu “vírus mental”

A China reagiu de maneira dura a teoria da conspiração de Eduardo Bolsonaro culpando a China pelo coronavírus, a embaixada chinesa no Brasil foi dura e respondeu a Eduardo Bolsonaro hoje (18) e disse que para ele parar de ser “porta-voz dos EUA” ou sua queda iria ser muito feia. Ele acusou sem provas a China de ter criado o coronavírus em mais uma teoria da conspiração puxa-saco de Trump, como tudo que é o bolsonarismo, apenas imitam Trump. A embaixada Chinesa declarou que o filho do presidente adquiriu “Vírus Mental”.




A embaixada chinesa resolveu partir para cima das mentiras e conspirações bolsonaristas. Nessa noite da terça-feira (18) a embaixada chinesa respondeu a Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que acusou a China sem provas de ter criado o coronavírus e de ser o culpado pelo vírus.

A embaixada afirmou que Eduardo contraiu o “vírus mental”, que ele age como “porta-voz dos EUA”  e que ele precisa tomar cuidado com isso, pois “a queda será muito feia”.




Eduardo agora provoca uma crise diplomática com o maior parceiro comercial do Brasil, que é a China.

Por meio do embaixador da China no Brasil, , Yang Wanming, o país asiático, que é o principal parceiro comercial do Brasil, manifestou veemente repúdio a uma declaração do deputado e exigiu até que o deputado peça desculpas ao povo chinês pela declaração.

Não adianta usar robôs em redes sociais, com suas milícias criminosas, a China é o maior parceiro comercial do Brasil e parceiro d investimentos na ordem de bilhões no Brasil e uma retaliação do gigante asiático em um momento que a economia brasileira derrete, seria terrível.

A embaixada disse que Eduardo não tem visão internacional e com senso comum (o que de fato denomina bem o câncer ideológico que é o bolsonarismo, que vive da base de mentiras e falsificações).


O embaixador ainda sugeriu que Eduardo tem que assumir todas as consequências pelo ato

Comments are closed.