em Política

Ministério da Saúde chamará médicos cubanos para trabalhar contra coronavírus





Depois de desfazer dos médicos cubanos, onde Jair Bolsonaro teria os chamado de guerrilheiros comunistas infiltrados no país, agora o secretário do Ministério da Saúde anuncia que irá chamar novamente os médicos cubanos para trabalhar na pandemia do coronavírus. Quando a realidade bate a porta do bolsonarismo.

O secretário do Ministério da Saúde, João Gabbardo, afirmou ontem (15) que os médicos cubanos que trabalharam no programa MAIS MÉDICOS, serão chamados novamente para ajudar no controle da pandemia do coronavírus COVID-19 no Brasil.  O secretário disse isso em entrevista a Globo News e afirmou que o chamado se estenderá a estudantes de medicina  a partir do sexto ano e médicos aposentados.




Medida tem como objetivo repor mão de obra de trabalho, já que médicos também adoecem. Ontem em meio a pandemia, houve atos em que os manifestantes bolsonaristas até disseram que o coronavírus era uma fake news e que nunca matou e nem mata ninguém no planeta..

“A preocupação com o médico é muito importante porque ele é muito atingido com o coronavírus. Na Itália  aconteceu isso, 40% da força médica e de enfermagem, a gente perde no transcorrer da doença,  porque eles ficam doentes. Mesmo que os sintomas deles sejam leves, eles tem que se isolados para não ficarem transmitindo a doença para os pacientes” disse o secretário.

LEIA TAMBÉM:

O secretário anunciou que a partir de hoje chamariam de novo os médicos cubanos que estavam no programa MAIS MÉDICOS, criados por Dilma Rousseff (PT) para ir para atenção básica de saúde e ajudar no combate e controle da pandemia.

Com informações do UOL

Veja você mesmo:


Clique aqui e receba nossas notícias no seu Whatsapp

Entre no nosso canal de Telegram e receba nossos conteúdos por lá

Comments are closed.