em Justiça Partidária

MP Paulista denuncia Lula e Boulos por “invasão” do triplex

Novo ataque político contra Lula e agora contra  Boulos do MTST e do PSOL . O Ministério Público Federal de São Paulo denunciou o ex-presidente Lula e o líder do Movimento dos Trabalhadores sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, pela ocupação do tripléx do Guarujá que foi atribuído a Lula na Lava Jato e o levou a prisão em 2018. A ocupação do Tripléx e filmagens do local se deram no dia 16 de abril de 2018.




Em mais um show de Lawfare ( forma de guerra que a lei é usada como arma para aniquilar e perseguir inimigos políticos) e perseguição política, o Ministério Público de São Paulo denunciou Lula e Boulos pela ocupação do Tripléx do Guarujá, em abril de 2018.

A informação é do site Antagonista (Ligado a Lava Jato). Segundo informações deles, Lula, Boulos e mais três foram enquadrados no artigo 346 do Código Penal, que estabelece como crime: tirar, suprimir, destruir ou danificar coisa própria, que se acha em poder de terceiro por determinação judicial – na ocasião, o imóvel bloqueado pela Justiça.





Integrantes de grupo ligado ao MTST ocuparam o tripléx do Guarujá no condomínio Solares e filmaram internamente o apartamento para provar que ele “não era tão luxuoso” quando diziam, inclusive alguns portais de mídia.

“Se é do Lula, o povo foi convidado e pode ficar lá. Nós queremos ver vai pedir a reintegração de posse. Se não é do Lula, o Judiciário vai ter que explicar porque prendeu o Lula por conta deste triplex”, disse Boulos em vídeo na época da ocupação.

“Essa ocupação vem revelar a farsa judicial que foi feita. Lula foi preso por uma condenação política, que tinha o objetivo de retirá-lo do processo eleitoral e o levou à prisão de maneira arbitrária. E o objeto desta prisão era precisamente este triplex”, afirmou.

Em fevereiro do ano passado, a Polícia Federal havia aberto investigação para saber se Lula “influenciou” o ato.


Veja as imagens por dentro do Tripléx do Guarujá:

 

LEIA TAMBÉM:

Clique aqui e receba nossas notícias no seu Whatsapp

Entre no nosso canal de Telegram e receba nossos conteúdos por lá

Comments are closed.