Parcialidade: Governo tem 18 nomes da Lava Jato no governo Bolsonaro

De acordo com informação publicada pelo UOL, além de Sergio Moro, outros 18 pessoas ligadas à Lava Jato foram nomeadas para cargos de confiança no governo federal, incluindo funções na Polícia Federal

247 – Sergio Moro não foi o único integrante da Lava Jato agraciado com cargo no governo de Jair Bolsonaro. A operação responsável pela condenação e prisão do ex-presidente Lula, tirando-o do processo eleitoral e beneficiando Bolsonaro, tem outros 18 nomes no governo de extrema-direita.



A informação ganha novos contornos diante das conversas vazadas que mostram como Moro instruiu os procuradores para criar ‘provas’, depoimentos e construir a narrativa midiática contra Lula.

LEIA TAMBÉM:

De acordo com informação publicada pelo UOL, neste domingo (16), o essas 18 pessoas da nomeadas para cargos de confiança no governo federal já trabalharam em repartições vinculadas à operação de combate à corrupção.




Dentre os integrantes do governo ligados à Lava Jato, há delegados da Polícia Federal (PF) e auditores da Receita Federal que já atuaram em investigações da operação. Há também servidores da Justiça Federal do Paraná que trabalharam junto com o ministro Moro. Há até uma ex-subprocuradora-geral da República, Maria Hilda Marsiaj Pinto, que pediu exoneração de seu cargo no MPF (Ministério Público Federal) para virar secretária nacional de Justiça.

Vídeos relacionados: