“Vaza Jato” vai virar filme e mostrar a podridão e diálogos da Lava Jato

A série de reportagens sobre os vazamento de conversas comprometedoras entre o ex-juiz federal Sérgio Moro e procuradores do Ministério Público Federal vai virar filme. O documentário pode vir do The Intercept ou até mesmo de uma produtora indepentende.



Segundo Hanrrikson de Andrade, do blog Entre Quatro Poderes do Uol, a fonte de inspiração é o badalado “Democracia em Vertigem”, da diretora Petra Costa e imagens das audiências de Glenn Greenwald, editor do The Intercept, já têm sido captadas com objetivos cinematográficos.

LEIA TAMBÉM:

Uma produtora independente afirmou que vem trabalhando em um projeto nesse sentido e Greenwald confirmou que há um trabalho em torno disso. “Sim. Estamos trabalhando nisso. Por enquanto, estamos só registrando algumas imagens e depois veremos como aproveitá-las”, afirmou.




Os procuradores e Sérgio Moro já ganharam as telas no papel de mocinhos com “Polícia Federal: A Lei É para Todos” e a Netflix com “O Mecanismo”. Desta vez, a trama deve se inverter. José Padilha, diretor do Mecanismo, hoje se arrepende da produção.