Áudio: Procurador de MG reclama do salário de R$ 24 mil “miserê”

Um áudio que se tornou público, nessa segunda-feira (09 de setembro), de um Procurador do estado de Minas Gerais, reclamando do salário de “24 mil”, viralizou nas redes sociais e deixou os internautas indignados. O áudio é de uma reunião do início do mês de agosto para discutir proposta de orçamento do Ministério Público de Minas Gerais para 2020.


“Como é que o cara vai viver com R$ 24 mil? O que de fato nós vamos fazer para melhorar a nossa remuneração? Ou nós vamos ficar quietos?” disse o Procurador Leonardo Azeredo dos Santos. O áudio “desabafo” foi feito após ser informado, que se o Estado de Minas assinar acordo de recuperação fiscal, não serão concedidos reajustes salariais.

Clique aqui e receba nossas notícias no seu Whatsapp

O Procurador, afirmou que ele “estaria baixando o padrão de vida”. “Estou deixando de gastar R$ 20 mil de cartão de crédito e estou gastando R$ 8 mil. Pra poder viver com os R$ 24 mil. Eu e vários outros já estamos vivendo à base de comprimido, à base de antidepressivo. Estou falando assim com dois comprimidos de sertralina por dia, e ainda estou falando deste jeito. Se não tomasse, ia ser pior do que Ronaldinho”, afirmou o procurador.




O Procurador no áudio reclama que não teria “origem humilde”  e que não consegue viver com o que ganha. Ele afirma que ninguém “mais quer ser promotor”.

Ouça:

Com informações do G1

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *