Caixa reduz financiamento para o Nordeste, apenas 2,2% de empréstimos autorizados

Caixa reduziu drasticamente os empréstimos para os estados do Nordeste ao longo deste ano; nos primeiros sete meses de 2019 foram autorizados financiamentos da ordem de R$ 89 milhões, correspondendo a apenas 2,2% do total de cerca de R$ 4 bilhões chancelados pelo banco para estados e municípios; determinação para reduzir contratações comm o os govenos da Região, que fazem oposição ao governo Jair Bolsonaro, teria partido do próprio presidente da Caixa, Pedro Guimarães



247 – A Caixa reduziu drasticamente os empréstimos para os estados do Nordeste ao longo deste ano. Nos primeiros sete meses do ano foram autorizados para a Região financiamentos da ordem de R$ 89 milhões, correspondendo a apenas 2,2% do total de cerca de R$ 4 bilhões chancelados pelo banco para estados e municípios. Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, a determinação para que novas contratações com estados e municípios do Nordeste não fossem efetivadas teria partido do próprio presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Segundo a reportagem, em 2018 o Nordeste recebeu um total de R$ 1,3 bilhão, ou 21,6% dos R$ 6 bilhões em operações firmadas pelo banco com os governos regionais. No exercício anterior, dos R$ 7 bilhões contratados, R$ 1,3 bilhão foi direcionado para a Região Nordeste (18,6% do total).

Clique aqui e receba nossas notícias direto no seu Whatsapp

Em nota, a Caixa informou que as contratações apresentam “sazonalidade” e variam a cada ano a ano, “dependendo ainda do número de pleitos recebidos bem como da aprovação dos ritos anteriormente relacionados”.




Redução dos repasses vem na esteira dos ataques feitos por Jair Bolsonaro contra a Região. Em julho, Bolsonaro afirmou ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que daqueles “daqueles governadores de Paraíba, o pior é o do Maranhão. Tem que ter nada para esse cara”, disse na ocasião. (Leia no Brasil 247)

Com informações do Estadão

LEIA TAMBÉM: