Deputado José Guimarães do PT não foi flagrado com dólares na cueca nem preso

Do site de checagem de notícias Aos Fatos

É falso que o deputado federal José Guimarães (PT-CE) foi preso em flagrante com uma mala de dinheiro e cerca de US$ 200 mil dentro da cueca, como afirmam publicações nas redes sociais (veja aqui). Na verdade, foi José Adalberto Vieira, então assessor de Guimarães, quem foi flagrado em 2005 no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, com R$ 209 mil em uma mala e US$ 100 mil presos à roupa de baixo. Em 2012, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu que o deputado não tinha responsabilidade no caso.



No Facebook, posts com a desinformação já acumulavam ao menos 3.000 compartilhamentos na tarde desta terça-feira (1º) e foram marcados com o selo FALSO na ferramenta de verificação da rede social (veja como funciona).

Veja o post completo no Aos Fatos