Edir Macedo e Sílvio Santos com Bolsonaro no 7 de setembro

Chamou atenção no palanque oficial do desfile de 7 de Setembro em Brasília (DF) a posição destinada aos donos do SBT e da Record TV. Silvio Santos e Edir Macedo ocuparam os lugares mais nobres, próximos a Jair Bolsonaro, e à primeira-dama Michelle. Governo já tenta desferir golpes na mídia tradicional e privilegia essas suas emissoras

247 – Chamou atenção no palanque oficial do desfile de 7 de Setembro em Brasília (DF) a posição destinada aos donos do SBT e da Record TV. Silvio Santos e Edir Macedo ocuparam os lugares mais nobres, próximos a Jair Bolsonaro, e à primeira-dama Michelle.



Na transmissão oficial do desfile, realizada pela TV Brasil, os proprietários das duas emissoras apareceram mais que o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, posicionado à direita de Bolsonaro, de acordo com relato do Blog de Mauricio Stycer.

Leia também:

Até meados de março-abril, o faturamento da Record e do SBT havia ultrapassado o da Globo. Foram R$ 10,3 milhões da emissora de Edir Macedo, R$ 7,3 milhões do SBT, e R$ 7,07 milhões da emissora da família Marinho.




O governo também pretende acabar com a exigência de publicação de balanços em jornais impressos. De acordo com a proposta, s empresas brasileiras deixam de ser obrigadas a veicular publicidade em jornais como Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo, e outros. Decisão acaba com o Valor Econômico, que é da Globo e tem 40% de sua receita na publicidade legal (veja aqui).

Siga nosso Instagram