Pastor e sargento da PM abandona Bolsonaro e pede desculpas por espalhar mentiras contra Haddad

Pastor, Sargento da PM e deputado estadual, o Pastor Sargento Isidório (Avante) foi eleito deputado federal com a maior votação na Bahia, 323.264 votos; pelo perfil seria natural que integrasse a bancada da bala ou a evangélica, mas não é o que ocorre; ele circula pedindo voto para Fernando Haddad; “Fiquei com o filho do diabo mentindo. Descobri o perigo que a nação corre quando alguém diz que policial que não mata não é polícia. Violência gera violência. Haddad é professor, casado com a mesma mulher durante 30 anos,”, diz; veja o vídeo




Bahia 247 – Pastor da Assembleia de Deus e Sargento da PM e deputado estadual. Esse é o Pastor Sargento Isidório (Avante), deputado federal com a maior votação na Bahia, 323.264 votos.

Pelo perfil seria natural que ele integrasse duas das mais poderosas frentes parlamentares da Casa, a evangélica e a da segurança pública, também conhecida como bancada da bala e apoiasse o presidenciável Jari Bolsonaro, certo?




Mas não é o que vai ocorrer. Pastor Sargento Isidório tem andado pela Bahia pedindo voto para o presidenciável Fernando Haddad (PT) e combatido o discurso belicista do opositor. “Haddad é professor, c asado com a mesma mulher durante 30 anos, pai de família. Fiquei com o filho do diabo mentindo. Descobri o perigo que a nação corre quando alguém diz que policial que não mata não é polícia. Violência gera violência. Vamos pras urnas sabendo que o PT errou, mas quem não errou? Mas não pode generalizar”. Diz o parlamentar.