em Denúncias

PF vai indiciar fazendeiros pelos incêndios no Pantanal

25/09/2020

Ao contrário do que disse Bolsonaro em seu discurso cheio de mentiras na ONU, não são os índios e nem caboclos os responsáveis pelos incêndios criminosos no Pantanal.




Enquanto Bolsonaro mentia na Assembleia Geral da ONU, atribuindo aos índios e caboclos a culpa pelos incêndios no Pantanal e a Amazônia, a Polícia Federal já teria informações suficientes para indiciar cerca de 4 fazendeiros pelas queimadas na região da Serra do Amolar, na região do Patanal do Mato Grosso do Sul.

De acordo com análise de peritos, os focos de incêndios tiveram início no dia 30 de junho, quase na mesma hora, em quatro propriedades localizadas na região oeste do rio Paraguai.




Com toda a certeza, no entanto o governo Bolsonaro deverá continuar o discurso de culpar “ONGS, índios e caboclos” das queimadas, porém sem fazer nada para prevenir esses mesmos incêndios.
 

LEIA TAMBÉM:

 

Exportações do Brasil aos EUA desabam e caem 32%
 

Vídeos e imagens mostram a devastação das queimadas no Pantanal
 

Vergonha: Di Caprio desmente fake news de Bolsonaro sobre Amazônia
 

Foram identificados cerca de 3.415 focos de incêndios em todo Pantanal, que compreende a área e os estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O maior número já registrado desde 1998, pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), desde que foi iniciado o monitoramento.



Testemunhas afirmaram que dias antes de mandar seus funcionários colocar fogo nas propriedades, os fazendeiros providenciaram a retirada de todo o gado.

Seja um apoiador do nosso site, contribua pelo Paypal

 
Clique aqui e receba nossas notícias no seu Whatsapp

Clique aqui e receba nossas notícias pelo seu Telegram
 
Siga nosso Twitter:

Siga nosso Instagram
 

Inscreva-se no nosso Canal de Youtube :

 

 

Os comentários estão desativados.

<--retirado daqui os relacionados Mobile -->