Posse de Bolsonaro custou o dobro da de Lula, Dilma e FHC, informa jornal

Via MSN

A cerimônia de posse do presidente eleito Jair Bolsonaro e do vice General Mourão será a mais cara desde a redemocratização do país. A cerimônia deverá custar R$1 milhão, o dobro do que foi gasto nas cerimônias de Fernando Henrique Cardoso, Lula e Dilma Rousseff. A maior parte dos gastos será com o esquema de segurança.

Receba nossas notícias no seu Whatsapp

Receba nossas notícias no seu Telegram