Presidente da Petrobrás de Bolsonaro anuncia venda da BR Distribuidora

Anunciado pela equipe econômica do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) como futuro presidente da Petrobrás, Roberto Castello Branco já deu sinais explícitos de entreguismo da petroleira e afirmou que a empresa tem de focar apenas em atividades que tem competência para fazer; “A Petrobrás desenvolve outras atividades que não são naturais e que não atraem retorno. O melhor exemplo disso é a distribuição de combustíveis. A estatal ainda é dona da BR Distribuidora. A BR é uma cadeia de lojas, no fim das contas. A competência da Petrobrás é na exploração e produção de Petróleo”, disse




247 – Anunciado pela equipe econômica do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) como futuro presidente da Petrobrás, Roberto Castello Branco já deu sinais explícitos de entreguismo da petroleira e afirmou que a empresa tem de focar apenas em atividades que tem competência para fazer.

Leia também:

“A Petrobrás desenvolve outras atividades que não são naturais e que não atraem retorno. O melhor exemplo disso é a distribuição de combustíveis. A estatal ainda é dona da BR Distribuidora. A BR é uma cadeia de lojas, no fim das contas. A competência da Petrobrás é na exploração e produção de Petróleo”, disse o novo dirigente em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo.



Castello Branco afirmou que vai trabalhar para acelerar a produção no pré-sal, entregue a estrangeiros no governo Michel Temer. Segundo o futuro presidente da estatal, a Petrobrás “não consegue fazer tudo sozinha”.

“O ideal é que você tenha um mercado competitivo. Além das medidas de de compliance, a competição é o melhor remédio contra corrupção. A corrupção tem oportunidade d onde existe monopólio: nos preços, nas relações políticas, pelos favores… Para a Petrobrás, a competição será um antídoto permanente contra esse tipo de coisa que a sociedade não tolera mais”, disse.

Receba nossas atualizações direto no Whatsapp

Receba nossas atualizações direto no Telegram