em Justiça Partidária

Processo da Lava Jato contra Serra de US$ 23 milhões prescreve

O processo contra o senador  José Serra (PSDB-SP) pela Lava Jato, acaba de prescrever. Ele foi acusado de receber propina da Odebrecht no valor de US$ 23 milhões. Ele foi visto em fotos com Sérgio Moro e sua esposa, quando Moro ainda era juiz da Operação, no mesmo evento Moro se deixou fotografar aos risos com o então senador Aécio Neves (PSDB-MG).




Processo contra o Senador José Serra (PSDB-SP) acaba de prescrever. Devido a ter mais de 70 anos, o prazo cai pela metade. A decisão foi tomada em sigilo pelo juiz eleitoral Francisco Shintate, que declarou nula, a possibilidade de punição ao senador tucano.

A decisão foi tomada nessa sexta-feira (24).

As informações são da Revista Crusuoé, do Antagonista.




Serra foi visto em evento com José Serra aos risos, junto de sua esposa.

LEIA TAMBÉM:

Um documento da Dersa de 2018 mostrou que a estatal paulista pagou mais de R$ 191 milhões a Odebrecht através de um contrato fraudado.

Documentos mostraram depósitos na conta gerida pela filha de José Serra na Suíça. Os documentos foram enviados as autoridades brasileiras em 2018 e mostram que uma empresa citada pela Odebrecht, fez depósito de 400 mil euros em conta administrada pela filha de José Serra.

Com a prescrição o processo está por fim anulado e finalizado, sem uma conclusão.

Clique aqui e receba nossas notícias no seu Whatsapp

Entre no nosso canal de Telegram e receba nossos conteúdos por lá

Comments are closed.