em Denúncias, Vídeo

VÍDEO: Bolsonaro dizia em março que “nem 800 vão morrer de coronavírus”

Bolsonaro dizia no dia 22 de março, que nem 800 pessoas iriam morrer de coronavírus no Brasil, ele acreditava que o coronavírus seria menos grave que o H1N1: “A previsão é que não chegar a essa quantidade de óbitos, no tocante ao coronavírus”. O Brasil ultrapassou os 12 mil mortos pela doença em 2 meses.




A “previsão” de Bolsonaro não passou nem perto do cenário catastrófico que o Brasil está com o coronavírus. Atualmente com mais de 12 mil mortos, Bolsonaro previu no dia 22 de março que o número de mortos pelo coronavírus não chegaria nem a 800.

Clique aqui e receba nossas notícias no seu Whatsapp

O Brasil registrou nas últimas 24 horas mais de 800 mortes por coronavírus.



“O número de pessoas que morreram de H1N1 foi mais de 800 pessoas. A previsão é não chegar aí a essa quantidade de óbitos no tocante ao coronavírus”, disse Bolsonaro, em março.

E com isso Bolsonaro minimizou novamente a pandemia.

LEIA TAMBÉM:

As previsões do presidente, que não passaram nem perto dos números reais da situação do Brasil, mostram o despreparo presidencial para lidar com algo sério que são as vidas dos brasileiros. Não é uma “gripezinha” como ele disse e nem fantasia, é bem real.

ASSISTA A “PREVISÃO”:

Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | VK | Instagram

Os comentários estão desativados.