em Vídeo

Brasileiros em Wuhan gravam apelo a Bolsonaro por retirada da China

Um grupo de brasileiros que está na China, na região de Wuhan, região epicentro do coronavírus gravou um vídeo apelo ao presidente Bolsonaro, para que o governo brasileiro retirem eles da região.  Bolsonaro no entanto declarou que não iria usar aviões da FAB, para tirar os brasileiros da China.




Brasileiros na China, resolveram fazer uma carta-aberta a Jair Bolsonaro, que foi feita em forma de vídeo e apelos que foi publicado no Youtube.  Eles lembram as operações de evacuação já feitos por diversos países, entre eles EUA, França e Japão.

A carta-aberta é datada do dia 30 de janeiro, todos que ”assinam”, gravaram o vídeo são residente- alguns ainda estão na região de Wuhan- que é o epicentro do vírus.




No entanto, Bolsonaro havia afirmado anteriormente que não iria usar aviões da FAB (Força Aérea Brasileira). Segundo Bolsonaro seria preciso solucionar as questões financeiras para enviar aviões da FAB para a região.

LEIA TAMBÉM:

“Temos alguns nacionais, que estão na região de Wuhan, que querem vir para cá, e têm pedido o nosso apoio. Obviamente, o apoio custa dinheiro, meios, e o Brasil vai ter que se esforçar para conseguir. Começa pela própria Força Aérea. Ao longo dos últimos 30 anos, arrebentaram com o material das Forças Armadas, incluindo aeronaves”, disse Bolsonaro a jornalistas na entrada do Palácio do Alvorada.

A carta aberta dos brasileiros a Bolsonaro





“Nós somos homens, mulheres e crianças de vários estados e regiões do Brasil. Estudantes e trabalhadores, indivíduos e famílias de brasileiros na China”, diz um dos brasileiros no vídeo. “No momento em que essa carta está sendo escrita, não há, entre nós, quaisquer casos de contaminação comprovada ou até mesmo sintomas de infecção por coronavírus”, afirma outro. Todos os brasileiros terminam o vídeo dizendo: “Brasil, casa de todos nós.

A BBC BRASIL procurou o presidente para comentar o vídeo, mas o Palácio do Alvorada preferiu não comentar o vídeo.

O grupo de brasileiros que gravou o vídeo carta, reveza lendo trechos da carta-aberta e lembra que o governo chinês tem oferecido apoio logístico a outros países para tirar seus cidadãos de Wuhan.

Com informações da BBC Brasil

Clique aqui e receba nossas notícias no seu Whatsapp

Entre no nosso canal de Telegram e receba nossos conteúdos por lá

Comments are closed.