Em áudio vazado, Malafaia diz que sente “profunda decepção com Bolsonaro”

Em áudio vazado, Silas Malafaia se diz profundamente decepcionado com Bolsonaro, o áudio foi enviado ao deputado Alexandre Frota (PSDB/SP) em fevereiro desse ano, o pastor diz que Onyx Lorenzoni, Ministro-chefe da Casa Civil,  a mando de Jair Bolsonaro procurou Magno Malta (ex-senador representante da bancada evangélica) para oferecer um cargo no  Conselho do Sesi, com salário de R$ 60 mil, a gravação foi publicada pela Revista Crusuoé.




No áudio, Malafaia fala em acordo Bolsonaro-Temer, para deixar de lado Magno Malta e que o acordo Temer-Bolsonaro, colocou Osmar Terra no Ministério da Cidadania.

LEIA TAMBÉM: Embaixada da Rússia publica foto de encontro dos BRICS e põe Temer no lugar de Bolsonaro

“Sinceramente, Frota, eu como jamais vou usar nem minha mídia, nem nada para falar mal de Bolsonaro, nem nada, porque eu não vou dar mole para esses esquerdopatas… Mas estou profundamente decepcionado, irmão”, disse Malafaia.



“A última, se você não sabe, o Bolsonaro mandou Onyx chamar Magno. Magno deixou ele uns dois dias atrás dele como um louco. Depois do segundo dia, no final: ‘olha eu tô aqui com uma missão do presidente, nomear você, uma coisa muito boa, nomear você como presidente do conselho do Sesi, R$ 60 mil de salário, movimenta bilhão…”, disse Malafaia no áudio.

LEIA TAMBÉM:

“Aí o Magno disse para ele – essa foi linda -: Onyx, eu não tô atrás de emprego. Fala para o presidente que eu não tô atrás de emprego, fala para o presidente que o Deus que me sustentou até aqui, vai me sustentar por toda a minha vida. E fala para o presidente que Magno Malta e Silas Malafaia nunca vão falar mal dele em mídia e nem jogar contra. E se ele precisar de oração, conte com nós dois”, disse Malafaia sobre a resposta de Magno Malta a oferta de “emprego”.

 

Sóstenes Cavalcante, Dep. Estadual Samuel Malafaia, Pr. Silas Malafaia e o então na época Presidente da Câmara do Deputados, Deputado Eduardo Cunha

Malta e Malafaia foram cruciais para a campanha de Bolsonaro junto ao público evangélico, Malafaia ao que parece esperava que Bolsonaro fosse dar mais espaço a Magno Malta, o que pode ter levado o pastor a sentir “profunda decepção” com Bolsonaro. O apoio de proximidade de Malafaia com o meio político é de longa data, com o mesmo tendo comemorado a vitória de Eduardo Cunha (MDB/RJ), quando o mesmo ganhou a eleição para presidência da Câmara dos deputados em 2015 e foi peça chave para o Impeachment e queda de Dilma Rousseff (PT).

Com informações da Revista Fórum




Ouça o áudio: