em Denúncias

Ex-comandante da PM diz que Bolsonaro envergonha todos militares

Um ex-comandante da PM se levanta contra Bolsonaro e resolve falar nos jornais o que pensa de Jair Bolsonaro. A economia desabando, o coronavírus se espalhando, a incompetência do governo de lidar com isso, o país indo ladeira abaixo vem irritando até uma das alas mais fiéis ao governo, os militares. Importantes figuras da Polícia Militar começam a se levantar contra Bolsonaro e uma onda vai crescendo, antigos apoiadores agora fazem críticas diretas ao presidente, como o ex-comandante da PM, o Coronel Glauco Carvalho, ex-comandante da PM de SP.




A inépcia e incapacidade do governo Bolsonaro de lidar com o coronavírus, as recentes brigas do Brasil e China no âmbito diplomático, desnecessárias e puxadas pelo filho do presidente, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), tem irritado aliados do Planalto.

A coluna Painel do jornal Folha de São Paulo, traz hoje o protesto de um ex-comandante da PM contra Bolsonaro.




O Coronel Glauco Carvalho, ex-comandante da PM de São Paulo partiu para cima de Bolsonaro:

“Tenho dó do Brasil por tê-lo como presidente. Ele envergonhou a farda do Exército nos anos 1980 e envergonha a todos militares neste momento”, escreveu o coronel.

“Não acreditem em nada que venha desse cidadão. Aliás, desse governo. Como militar, sinto-me envergonhado por tantas ações atabalhoadas, extravagantes, ridículas e mesquinhas”, completou o coronel

Um sinal que pode mostrar que a base mais fiel a Bolsonaro, os policiais militares começam a se irritar com o presidente.



Os apoiadores mais fiéis ao presidente, a base dos 15% da sociedade altamente bolsonarista, ficarão isolados.

Afinal os mesmos que acreditam que a terra é plana e que o coronavírus nunca matou e nem mata ninguém, serão destroçados pela realidade e pelos fatos.

 

LEIA TAMBÉM

Comments are closed.