Ministra de Bolsonaro diz que carne não está cara: “Estava muito barata”





“Vai ter uma estabilização. Não vão ter mais essas puxadas. Mas não tem perigo de voltar ao que era. Mudou o patamar. Já tinha mudado o da soja, do milho”, afirmou a Ministra Tereza Cristina

A Ministra da Agricultura do governo Bolsonaro, Tereza Cristina, disse em uma entrevista ao Poder 360, que o preço da carne não deve baixar, que ela ficou “muito barata por 3 anos” e que agora “deve estabilizar”. Com a alta dos preços na carne, muitos brasileiros estão deixando a carne de lado, a Ministra argumentou que o preço “barato” por 3 anos, estava sendo ruim para os produtores de gado.




“O produtor vinha tendo muitos problemas, querendo até trocar de atividade, porque estava tendo prejuízo”, afirmou. “A produção vai aumentar. Podemos diminuir o tempo de abate, tendo animais mais jovens no peso ideal”, disse a Ministra.

LEIA TAMBÉM:

A alta segundo a Ministra, foi devido ao aumento das exportações para a China,as exportações de carne bovina para o país asiático saltaram de 20 mil toneladas em junho para 65 mil toneladas em outubro, devido a um surto de peste suína no país (China).

O aumento das carnes no mês de novembro chega a 5,26%, na cidade de São Paulo o preço da carne subiu em média 4,2% na segunda quadrissemana de novembro, o contrafilé por exemplo aumentou em média 5,86%, segundo dados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE). Será que estaríamos rumando para um caminho similar da Argentina, que viu o preços dos alimentos explodirem? É algo a se observar.

 

Com informações da Folha de São Paulo

Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | VK | Instagram