Nasa mostra imagens impressionantes das queimadas na Amazônia

As frequentes queimadas na Amazônia têm gerado intensos debates entre a comunidade internacional a respeito de como preservar a floresta que é considerada o “pulmão do mundo”. Para se ter noção, a NASA registrou, por meio de seus satélites, algumas imagens assustadoras do Brasil, que dão uma dimensão maior do que está acontecendo por aqui.

Há semanas a floresta Amazônica está em chamas, o que chegou a causar, inclusive, um efeito de escurecimento do céu no Estado de São Paulo, na última terça-feira, 20, devido à forte onda de fumaça.



As imagens da NASA mostram que parte do mapa brasileiro está coberto por uma densa névoa acinzentada vinda de Rondônia e do Acre.

Há uma semana atrás, no dia 14 de agosto, depois de fazendeiros do sul do Pará anunciarem o “dia do fogo” (que, segundo eles, serviria para “mostrar trabalho para o presidente Jair Bolsonaro”), o Inpe registrou um aumento nos focos de incêndio na região.



Na quarta-feira (21), Bolsonaro disse, sem provas, que as ONGs estariam por trás das queimadas. “O crime existe. Isso temos que fazer o possível para que não aumente, mas nós tiramos dinheiro de ONGs, 40% ia para ONGs. Não tem mais. De modo que esse pessoal está sentindo a falta do dinheiro. Então pode, não estou afirmando, ter ação criminosa desses ongueiros para chamar atenção contra minha pessoa, contra o governo do Brasil”, disse o presidente.




Informações da Revista Exame e Catraca Livre