em Denúncias

Sob governo Bolsonaro, Queiroz soube de relatório sigiloso da PF

Uma revelação que pode ser explosiva para o governo Bolsonaro, mostra que Queiroz soube de relatório sigiloso da Polícia Federal ainda na fase de investigação e quando ainda era sigiloso. Soma-se a isso com o fato da PF ter informado a Flávio Bolsonaro, sobre operação que atingiria Queiroz.




O empresário Paulo Marinho, revelou anteriormente, que Flávio Bolsonaro teve acesso a informações privilegiadas na PF sobre operação/investigação que o atingiria e atingiria Fabrício Queiroz, no caso das rachadinhas.  Segundo Marinho, um delegado da PF avisou Flávio ainda em 2018, que investigação encontrou suspeitas sobre Queiroz.

Clique aqui e receba nossas notícias no seu Whatsapp

Segundo informações da Folha de São Paulo, a nova informação e caso, que Queiroz teve acesso a relatório sigiloso, ocorreu em agosto de 2019. Segundo o jornal isso teria dado início da crise entre Bolsonaro e a Polícia Federal.




A investigação foi aberta com base nos relatórios do COAF, produzidos em julho de 2018 e tem dez personagens, entre eles Flávio Bolsonaro e Queiroz.

O inquérito foi aberto pela PF  em fevereiro de 2019, já sob o governo Jair Bolsonaro e apurava crimes de evasão de divisas, que teria sido praticado em tese por um advogado do Rio Grande do Sul.

A defesa de Fabrício Queiroz soube de um inquérito que envolveria Fabrício Queiroz em agosto de 2019. Naquele mesmo mês de 2019, Bolsonaro resolveu demitir o então chefe da superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro e tentou nomear alguém de sua preferência pessoal.



A reportagem da Folha de São Paulo dá os detalhes de como Queiroz soube de inquérito em fase investigação. O Ministério Público do Rio de Janeiro, encontrou na conta de Fabrício Queiroz mais de 2 milhões movimentados em sua conta e depositados por assessores do então deputado estadual á época, Flávio Bolsonaro.

A Promotoria do MP do Rio de Janeiro, também apontou Flávio Bolsonaro como chefe de organização criminosa, que desviava dinheiro público.

LEIA TAMBÉM:

 

Participe do grupo FORA BOLSONARO no Whatsapp e receba notícias

VÍDEOS RELACIONADOS:

Comments are closed.