em História

Erro dos EUA também derrubou avião iraniano com 66 crianças em 1988

A guerra deixa uma mancha de vítimas, prejuízos e desastres por onde passa,  o Irã admitiu que derrubou por acidente um avião que vinha da Ucrânia, para Teerã, a capital do país, no mesmo dia que bombardeou bases americanas. Cabe lembrar que tal erro também ocorreu com os EUA em conflito com o Irã ao lado do Iraque, em 1988, no dia 3 de junho de 1988, um avião com 290 pessoas  foi derrubado por um míssil americano. O Erro dos EUA que derrubou um avião comercial iraniano.




O Irã admitiu ontem (10) que derrubou acidentalmente um avião da Ukraine Internacional Airlines, modelo Boeing 737,  um erro de tamanha gravidade, que também foi cometido pelos Estados Unidos em 1988. Comandante iraniano afirmou que soldado, teria disparado sem permissão do seu superior.

Em 3 de junho de 1988, um Airbus  A300 da Iran Air, que tinha cerca de 290 passageiros, com 66 crianças, foi derrubado por um míssil disparado a partir de um navio americano. O avião foi abatido quando sobrevoava o Golfo Pérsico, quando ia para Dubai nos Emirados Árabes Unidos.




O fato ocorreu na guerra entre Irã-Iraque, o Iraque foi aliado dos EUA. Os americanos confundiram o avião comercial com um caça militar F-14.

Segundo os tripulantes do navio americano, eles tentaram entrar em contato com o avião, mas não conseguiram.

LEIA TAMBÉM:

O episódio é bem didático, para fazer um paralelo agora que o Irã admitiu, depois de dias que tinha derrubado um avião ucraniano.

Rússia condenou o Irã e EUA

A Rússia um dos principais aliados do Irã, condenou a queda do avião ucraniano em Teerã, no entanto eles entendem que o Irã foi provocado pelos EUA para reagir militarmente.




“É evidente que nós condenamos tanto as ações dos EUA como os atos do Irã neste sentido […], mas temos que compreender que os Estados Unidos provocaram o Irã a retaliar”, disse o parlamentar russo Yuri Shvytkin que é vice-presidente do Comitê de Defesa da Duma de Estado da Rússia.

Irã não “escondeu a cabeça na areia”, agiu com dignidade admitindo oficialmente sua culpa no acidente do avião ucraniano, disse à Sputnik o vice-presidente do Comitê de Assuntos Internacionais do Conselho de Federação russa, Vladimir Dzhabarov, segundo a Sputnik.

O erro dos EUA perante o avião iraniano, pode ter sido um pouco esquecido na mídia comercial, mas diante do atual evento do Irã ter derrubado um avião comercial é bom relembrar.

O objetivo do texto não é defender o Irã e o seu erro deplorável e sim mostrar que as guerras, causam isso, as guerras fazem pessoas que nada tem haver com o cenário de combate, pagar caro.

Com informações do UOL

Clique aqui e receba nossas notícias no seu Whatsapp

Entre no nosso canal de Telegram e receba nossos conteúdos por lá

Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | VK | Instagram

Comments are closed.