Frango e porco também sobem e preço não será como antes





Após os grandes aumentos na carne bovina, agora a carne de porco e frango também sofrerão aumentos. É o que informa a reportagem do UOL. Para quem não dispensa a proteína animal, o aumento foi uma verdadeira “facada” no bolso dos consumidores.

Clique aqui e receba nossas notícias no seu Whatsapp

Segundo Ricardo Santin, diretor-executivo da ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), que representa produtores de suínos, ovos  e aves, essas carnes devem ficar mais caras por causa das festas de fim ano e o aumento da procura, devido ás alternativas a carne bovina. No entanto a expectativa do setor, é que a carne de porco e aves, aumente e não volte ao patamar anterior de preço.




O preço do boi gordo subiu cerca de 35% em São Paulo, em novembro em relação a outubro, enquanto a carne de frango congelado, subiu 17.8%, a do porco aumentou 13,3% de acordos com dados do Cepea ( Centro de Estudos avançados de Economia Aplicada) da USP.

LEIA TAMBÉM: Preço da carne dispara e atinge o maior nível dos últimos 30 anos

Em alguns açougues, visitados pelo UOL, em São Paulo o preço do frango quase dobrou, indo de R$8,90 para R$ 15,90. O povo fica sem alternativas….

Os preços não devem voltar ao patamar anterior, é o que confirma o diretor-executivo da ABPA, segundo o mesmo, o custo da produção, não permite mais que o produto (carne de frango e suína), volte ao valor anterior.  A Ministra da Agricultura do governo Bolsonaro, Teresa Cristina, afirmou que a carne “não está cara”, ela que estava “muito barata” antes e Bolsonaro já avisou que o governo não fará nada para diminuir o valor da carne.

Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | VK | Instagram