em Pesquisas

Robôs não dão conta: Protesto bolsonarista murcha nas redes sociais

Consultoria analisou as redes sociais e concluiu que as manifestações do dia 15 de março, estão murchando, diminuindo seu apoio e engajamento. Nem com o apoio público de Jair Bolsonaro aos atos e chamando eles pessoalmente, como fez em base militar, adiantou. A atividade relacionada ao evento caiu/desabou no Twitter desde o dia 28 de fevereiro, coincidentemente, o período que o dólar começa a disparar, os números da economia que foram divulgados entre outros fatores.




Os protestos do dia 15 de março estão murchando consideravelmente nas redes sociais, é o que aponta o monitoramento da consultoria Quaest, que acompanhou a atividade das redes sociais do dia 24 de fevereiro ao dia 9 de março, os dados estão em matéria da Folha de São Paulo.

De acordo com a publicação, a consultoria analisou postagens que mencionavam #Dia15PeloBrasil, #Dia15BrasilNasRuas, #15DeMarcoEuVou ou #Dia15PorBolsonaro.




As atividades relacionadas da manifestação caíram desde o dia 28 de fevereiro. Segundo a consultoria e a Folha de São Paulo, robôs representariam 6% dos usuários que tuitaram a favor da manifestação.

LEIA TAMBÉM:

No dia 7 de março em Boa Vista, Roraima, Bolsonaro convocou ele mesmo para os atos golpistas do dia 15 de março

”Este é  um movimento espontâneo, e o político que tem medo de movimento de rua não serve para ser político afirmou. Então participem, não é  um movimento contra o Congresso, contra o Judiciário, é um movimento pró-Brasil” disse Bolsonaro.



Nem com a convocatória do seu líder maior, o gado se animou tanto nas redes sociais.

Caso sejam confirmados nas ruas, o que as pesquisas já vinham apontando por meio de redes sociais, a tendência é de esvaziamento e de ruas murchas e menores que o esperado.

Com informações da Folha de São Paulo

Clique aqui e receba nossas notícias no seu Whatsapp

Entre no nosso canal de Telegram e receba nossos conteúdos por lá

Comments are closed.