em Internacional

Memes brasileiros sobre a “guerra” vão parar na TV Iraniana

Os comentários inofensivos e opinativos de usuários brasileiros sobre a crise Irã-EUA, após o assassinato do general Qaasem Soleimani, pelos EUA, viraram notícia na TV Iraniana. Comentários irônicos e humorísticos para que Bolsonaro ficasse calado e não apoiasse Trump, comentários que falam em “levar Bolsonaro para evitar a Guerra”. Sobrou até para um perfil com a foto da Gretchen que comentava sobre o possível conflito. Os memes brasileiros viraram tema de comentário na TV iraniana.




As reações e comentários de usuários brasileiros do Twitter, após a morte do general Qaasem Soleimani viraram notícia e tema de comentário na Tv Iraniana. Os comentários muitos deles com humor, viraram destaque em programa pelo jornalista Pooya Jahandar, membro da equipe editorial da Iran Internacional.

O Jornalista editor acompanhou as mensagens e reações a morte do general Qaasem Soleimani e percebeu que muitas mensagens enviadas ao canal , eram de brasileiros repudiando uma possível guerra entre Irã e EUA.



“Tentei entender o que os brasileiros diziam com o Google Tradutor” informou o jornalista iraniano.

Até memes com a imagem da cantora Gretchen apareceram na TV, repudiando a guerra.

”Quero avisar que o povo brasileiro não concorda com a opinião do presidente dos Estados Unidos”, diz a mensagem que acompanha o meme.

LEIA TAMBÉM:

O vídeo imediatamente viralizou com mais de 21 mil curtidas e 3 mil compartilhamentos e foi compartilhada em diversos canais e redes sociais.  O Jornalista iraniano respondeu aos brasileiros por meio de seu twitter, afirmando que seu país não tem problemas com o Brasil e que eles só tem problemas com os EUA. Ele tentou responder em português.



Os brasileiros que no exterior são vistos como mestres e reis dos memes, foram parar na Tv Iraniana.

O vídeo repercutiu até entre jornalistas da grande mídia, entre eles a jornalista Mônica Bergamo que compartilhou o vídeo com a tradução feita por usuários brasileiros no seu twitter:

Com informações do JC.NE.UOL

Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | VK | Instagram

 

 

 

Comments are closed.