em Economia

Rombo nas contas externas com Bolsonaro é a maior em anos

O Brasil registrou um grande rombo nas contas externas em anos, mais precisamente desde 2015 não se via rombo assim.  O déficit chega a mais de US$ 50 bilhões (em dólares). A alta foi de 18% em relação a 2018.




O Brasil registrou seu maior rombo nas contas externas em mais de 4 anos. Segundo dados divulgados pelo Banco Central, nessa segunda-feira (27), mais de US$ 50 bilhões em déficit.

Na comparação com 2018, o rombo nas contas externas passou de 2,20% para 2,76% do PIB (Produto Interno Bruto).

LEIA TAMBÉM:

Segundo o Banco Central a piora nas transações correntes do Brasil em 2019, se deve a diversos fatores externos. Entre eles a desaceleração da economia argentina, a peste suína na China, a demanda por soja brasileira e as incertezas do mercado internacional e as incertezas com a guerra comercial entre a China e os EUA.

o superávit da balança comercial brasileiro caiu 25,7% no ano de 2019 em relação ao no de 2018.  Houve uma queda de 6,3% nas exportações e queda de 0,8% nas importações.




Com informações da VEJA

Clique aqui e receba nossas notícias no seu Whatsapp

Entre no nosso canal de Telegram e receba nossos conteúdos por lá

 

 

Comments are closed.